No nosso organismo há dois tipos de tecido que armazena gordura, o tecido adiposo branco e o tecido adiposo marrom. A maior diferença entre eles é que o tecido adiposo branco somente armazena gordura, enquanto que o marrom é responsável pela geração de calor. Além disso o tecido branco estoca a gordura em uma grande gota em seu interior e em sua maior parte, em forma de triglicérides. Bem diferente do tecido adiposo marrom, que estoca pequenas gotinhas de gordura dentro do seu interior.

Nos últimos anos os cientistas têm se voltado para o estudo da gordura marrom. Ela está presente em recém-nascidos, para que eles possam se manter mais quentinhos e protegidos. Durante os primeiros dois anos de vida vamos perdendo gradativamente o tecido adiposo marrom e desenvolvendo a gordura comum. Em comparação, a gordura marrom no adulto pesa cerca de 20 a 30 gramas, enquanto a gordura total pesa cerca de 25% do peso da pessoa, a depender da sua composição corporal. Se uma pessoa de 70 kg tem 25% de gordura, ela terá… 17,5 kg de gordura.

A grande chave da gordura marrom é que ela, ao gerar calor, queima grande quantidade de calorias. Entender o que faz uma célula de gordura virar célula comum ou marrom é um desafio nas pesquisas médicas. As pesquisas têm se voltado recentemente para buscar a chave de liga-desliga na gordura marrom… afinal, o que faz com que ela pare de funcionar ou o que faz com que ela retome funcionamento? A resposta pode estar nos microRNAs, estruturas no núcleo das células de gordura que controlam parte do seu funcionamento.

Enquanto isso… sabemos que a prática de exercícios moderados induz a formação de gordura marrom. E você, que tal começar sua rotina de atividades físicas?

Fonte: SBD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu